You are here

Novidades da AFP

Congresso hondurenho dá prêmio a fotógrafo da AFP Orlando Sierra

O Congresso hondurenho deu nesta quinta-feira (24) o prêmio "Fotógrafo do Ano" ao repórter gráfico da AFP Orlando Sierra, pelo destaque de seu trabalho profissional no ano passado

Orlando Sierra, de l'AFP, photographe de l'année au Honduras

Em uma sessão solene, o legislativo integrado por 128 deputados, entregou os "Prêmios Parlamentares 2018" a Sierra e a outros onze comunicadores de veículos locais.

Antes de entregar a medalha ao fotógrafo da AFP, o presidente do Congresso, Mauricio Oliva, ressaltou em seu discurso que o prêmio foi dado a Sierra porque "com seu fino talento para a fotografia registra momentos vibrantes de nossa história e retrata os distintos ângulos da realidade".

No ano passado, Sierra cobriu a transferência de criminosos de gangues presos a novos presídios de segurança máxima, a participação de Honduras na eliminatória ao Mundial da Rússia-2018 e a crise política desatada pela reeleição do presidente Juan Orlando Hernández.

Ao receber o prêmio, Sierra ressaltou que "a melhor notícia não é sempre a que chega primeiro, e sim, muitas vezes, a que se dá melhor". "Isso que aprendi na Agência France Press onde trabalho há 25 anos", acrescentou.

Aos 52 anos e formado na Universidade Nacional Autônoma de Honduras, Sierra é fotógrafo da AFP desde 1992.

Ele trabalhou também como redator e fotógrafo do jornal La Tribuna durante 16 anos, e outros três como repórter do canal de televisão Televisa. 

A cerimônia de premiação começou com um minuto de silêncio em homenagem a 71 jornalistas, comunicadores, proprietários e funcionários de meios de comunicação assassinados desde 2003 no país. Mais de 90% dos casos permanece impune.

 

Orlando Sierra, de l'AFP, photographe de l'année au Honduras

 

Contato AFP

Você quer fazer um comentário? Escreva-nos...

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo 151 países

Saiba mais
Saiba mais