You are here

Atualidade

Sobe a 264 número de mortos em protestos na Nicarágua (CIDH)

AFP / MARVIN RECINOS Paramilitares cercam a Basílica de São Sebastião, em Diriamba, no dia 9 de julho de 2018

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) elevou a 264 o número de mortes registradas na Nicarágua no contexto dos protestos contra o governo de Daniel Ortega, iniciadas em 18 de abril.

Conforme o registro da CIDH desde o início da repressão do governo aos protestos sociais, 264 pessoas perderam a vida e mais de 1.800 ficaram feridas, indicou o secretário Executivo da CIDH, Paulo Abrao, ao informar o conselho permanente da OEA sobre a situação na Nicarágua.

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo 151 países

Saiba mais
Saiba mais

Contato AFP

Você quer fazer um comentário? Escreva-nos...