You are here

Atualidade

López Obrador terá maioria absoluta no Congresso mexicano

AFP/Arquivos / RONALDO SCHEMIDT O presidente eleito do México, o esquerdista Andrés Manuel López Obrador, em 5 de julho de 2018.

O presidente eleito do México, o esquerdista Andrés Manuel López Obrador, terá com seus aliados a maioria absoluta no Congresso bicameral mexicano, segundo resultados preliminares do Instituto Nacional Eleitoral (INE) divulgados nesta terça-feira.

Do total de 500 cadeiras na Câmara dos Deputados, 307 serão ocupadas pelo partido de López Obrador, o Movimento de Regeneração Nacional (Morena), e por seus aliados do Encontro Social e do Partido do Trabalho.

No Senado, a aliança em torno de Obrador reunirá 69 das 128 cadeiras, segundo estimativas do INE.

Os resultados são preliminares, já que 200 cadeiras na Câmara e 32 no Senado correspondem aos chamados "plurinominais", compartilhadas conforme a votação nacional obtida pelos partidos e ainda pendente de validação pelo Tribunal Eleitoral.

Esta é a primeira vez desde as eleições de 1994 que o presidente terá maioria absoluta na Câmara e no Senado.

A segunda força do Congresso será o conservador Partido Ação Nacional (PAN), que nesta eleição se aliou aos esquerdistas Partido da Revolução Democrática (PRD) e Movimento Cidadão (MC). Juntos terão 131 deputados e 38 senadores.

O Partido Revolucionário Institucional (PRI), no poder até a posse de Obrador, ficou relegado à terceira posição no Congresso, com 21 senadores e 62 deputados.

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo 151 países

Saiba mais
Saiba mais

Contato AFP

Você quer fazer um comentário? Escreva-nos...