You are here

Atualidade

CIDH condena massacre em município entre Colômbia e Venezuela

AFP / JOAQUIN SARMIENTO Figuras de ativistas assassinados em protesto contra a violência na Colômbia na Praça Bolívar, em Bogotá, em 6 de julho de 2018.

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) condenou nesta quinta-feira o massacre de nove pessoas no município colombiano de El Tarra, na fronteira com a Venezuela, onde os confrontos entre grupos armados já provocaram a fuga de milhares de pessoas.

"A Comissão condena qualquer tipo de ato de violência" e "conclama o Estado a adotar medidas eficazes para garantir a segurança cidadã na região", assinalou a CIDH, órgão autônomo da Organização dos Estados Americanos (OEA).

No dia 30 de julho, homens armados atiraram contra um local comercial de El Tarra, deixando nove mortos e dois feridos. Até o momento se ignora o motivo do massacre.

"Estes graves fatos de violência devem ser investigados prontamente e de maneira exaustiva para a punição dos responsáveis", declarou o relator da CIDH para a Colômbia, Francisco Eguiguren.

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo 151 países

Saiba mais
Saiba mais

Contato AFP

Você quer fazer um comentário? Escreva-nos...