You are here

Fundação

O principal objetivo da Fundação AFP é capacitar jornalistas em países em desenvolvimento para cobrir grandes eventos e acompanhar o desenvolvimento social e econômico de suas nações.

 

Em 2011, mais de 150 dias de treinamento foram providos, entre os quais, junto à agência de notícias da Tunísia, do principal jornal de Uganda e de editores de esporte de mais de 20 países africanos.

No segundo semestre de 2011, os eleitores tunisianos foram às urnas para eleger a nova Assembléia Nacional encarregada de elaborar uma nova Constituição. Para preparar a cobertura destas primeiras eleições democráticas desde a queda do presidente Zine el-Abidine Ben Ali de forma eficaz, a agência Tunis Afrique Presse (TAP) voltou-se para a Fundação AFP. Durante os 15 dias de curso, financiado pela Organização Internacional da Francofonia, três jornalistas da Agence France-Presse transmitiram métodos de trabalho na mídia impressa (em árabe e francês) e fotojornalística.

Desde a criação em 2007, a Fundação realizou cerca de 40 programas de formação beneficiando mais de 1.200 jornalistas em todo o mundo. Os estagiários são estimulados a transmitir essas novas habilidades para os colegas e aprendizes jornalistas.

Em 2011, 169 dias de treinamento foram fornecidos. Um dos principais programas desenvolvidos pela Fundação foi a preparação para a cobertura da Copa do Mundo de Futebol Feminino da FIFA, realizada na Alemanha entre de 26 de junho e 17 de julho de 2011. Antes da competição, uma centena de jornalistas esportivos africanos, representando mais de 21 países, foi beneficiada. O programa foi realizado em parceria com a Federação Internacional de Futebol (Fifa).

A Fundação também preza a sensibilização dos jornalistas aos problemas estruturais de seus países, à luta contra a pobreza, ao acesso ao emprego, ao analfabetismo e à proteção do meio ambiente. Em colaboração com as Nações Unidas, a Fundação Chirac e o Ministério francês das Relações Exteriores e Européias, a Fundação realiza atualmente um grande projeto no Líbano para iniciar junto à mídia local o tratamento dessas questões de desenvolvimento.

Em dezembro de 2011, como parte da terceira missão deste plano de formação, os jornalistas da impressa e da televisão libanesa entraram em campo para praticar os exercícios de recolhimento e transmissão de informações. Em Jiye, 30 quilômetros ao sul de Beirute, eles foram orientados  a medir a evolução da degradação ambiental neste trecho da costa junto aos pescadores e os governantes locais, após o desastre ecológico de 2006, no qual 15.000 toneladas de  hidrocarbonetos foram derramadas no mar.

Para ajudar os meios de comunicação a responder aos novos desafios tecnológicos e econômicos impostos pela evolução da mobilidade e da Internet, a Fundação também oferece formação em jornalismo online e multimídia. Em setembro de 2011, a equipe do jornal ugandense New Vision e suas filiais na imprensa, rádio e TV foram preparadas para o lançamento do seu novo site.

Além destas ações de formação, a Fundação está intensificando iniciativas em favor de uma imprensa livre, independente e responsável. Em outubro de 2011 passado, a Fundação ofereceu vinte e cinco computadores aos Repórteres Sem Fronteiras, associação que apóia os jornalistas em dificuldade em seus países de origem ou no exílio.

 

Newsletter AFP

Assine a Newsletter AFP

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo
150 países

Saiba mais

Contato AFP

Você quer fazer um comentário?
Escreva-nos...

Mail

Facebook

Twitter