You are here

Imprensa

A AFP lança « E-diplomacy »: una ferramenta inovadora para avaliar a diplomacia digital

Desenvolvido pela AFP, « E-diplomacy » permite visualizar, avaliar e interpretar a influência dos protagonistas da diplomacia mundial no Twitter.

Durante as revoluções árabes as redes sociais mostraram que não são mais apenas canais de informação, mas que podem exercer grande influência no meio diplomático digital.  Graças ao ”E-Diplomacy Hub”, a AFP oferece ao internauta a possibilidade acessar, em tempo real e em escala global, os tweets das personalidades mais influentes da esfera internacional. Este aplicativo interativo, disponível em inglês e francês, tem por objetivo ser ao mesmo tempo lúdico, pedagógico e informativo. O “E-Diplomacy Hub” oferece ao internauta uma ferramenta extremamente original, para compreender melhor o que está em jogo, em termos de influência no ambiente digital.

 

O banco de dados do “E-Diplomacy Hub” reúne 4.000 contas Twitter, representando mais de 120 países. Pela primeira vez no mundo, chefes de Estado, ministros, protagonistas diplomáticos, e também organizações internacionais, especialistas, lobbyistas, atores da sociedade civil, militantes e hackers estão reunidos em uma só ferramenta pública.

 

O banco de dados do “E-Diplomacy Hub” – que é enriquecido ininterruptamente – foi criado por especialistas da AFP a partir de critérios tanto quantitativos como qualitativos . Os algoritmos da aplicação calculam a influência global dos twitteiros segundo critérios bem definidos, como:

  • A popularidade: mostra o número de « followers »;
  • O envolvimento: avalia a capacidade em participar das conversas e em responder às mensagens;
  • A confiança: determina se os proprietários das contas são citados como referência.

 

Graças à geolocalização, os usuários podem abrir o aplicativo indicando o país de origem, o que permite, em seguida, ativar uma funcionalidade personalizada. O internauta pode visualizar as informações num planisfério. Os ícones que aparecem no mapa indicam a presença e-diplomática de um ou dois países escolhidos e as ligações entre capitais mostram o volume e o conteúdo de tweets enviados e recebidos.  

 

O “E-Diplomacy Hub” oferece uma classificação de influência “e-diplomática” de Estados e indivíduos, enquanto um motor de buscas mostra os 200 hashtags mais utilizados pelas contas do banco de dados, ao longo das últimas 24 horas. Para mostrar os links e-diplomáticos entre os atores do banco de dados, uma funcionalidade permite visualizar "quem segue quem" na rede de micro-blogging. Por fim, a editoria “Conflitos” mostra a atividade no Twitter de grupos ilegais e hackers. Os dados do “E-Diplomacy Hub” serão regularmente analisados e explicados pelos jornalistas da AFP.

 

Para conhecer a “e-diplomacy”

Baixar versão PDF

Newsletter AFP

Assine a Newsletter AFP

A rede mundial da AFP

200 escritórios pelo mundo cobrindo
150 países

Saiba mais

Contato AFP

Você quer fazer um comentário? Escreva-nos...